Precisa de visto para visitar o Japão

Até pouco tempo atrás os brasileiros precisavam de visto para visitar o Japão. Apesar de conhecer o país ser o sonho de muitas pessoas, o processo era bastante burocrático.

Anúncios

Recentemente, o governo federal brasileiro alterou as regras sobre o visto para visitar o Japão, o que fez a alegria de milhares de brasileiros.

Dessa forma, o processo para visitar o país localizado na Ásia agora é outro. Portanto, confira a seguir quais são as regras do visto para visitar o Japão!

Entenda o que é o visto e como ele funciona!

O visto é um documento que garante a entrada de um visitante em um país e ainda é responsável por determinar quais atividades essa pessoa poderá realizar durante a visita.

Diversos países possuem acordos políticos responsáveis por facilitar a entrada dos seus cidadãos em territórios estrangeiros.

Anúncios

Sendo assim, a depender para qual país você está viajando e a sua nacionalidade, será necessária uma autorização para conseguir entrar no território.

Existem ainda outros fatores responsáveis por determinar as funções do visto, como o tempo de permanência do estrangeiro no país e quais atividades podem ser realizadas, como trabalhar, estudar, investir e muito mais.

Quais são as exigências do visto para visitar o Japão e outros países para os brasileiros?

Em alguns países, como é o caso da Polônia, Estados Unidos e Romênia, o visto no passaporte dos brasileiros é de extrema importância.

No entanto, essas regras podem variar bastante de acordo com o país e também os documentos ou procedimentos necessários para dar entrada.

Dessa forma, é recomendado que as informações sejam acessadas diretamente nos consulados ou embaixadas do país que deseja visitar.

Em grande parte das vezes, a exigência para os brasileiros tirarem o visto consiste em estar com alguns documentos regulares e com a comprovação do objetivo daquela viagem.

Além disso, normalmente são solicitados certificados de hospedagem, comprovantes financeiros, passagem de ida e volta e documento de identificação

Os países que exigem vistos para os brasileiros são os seguintes:

  • Na África: Argélia, Angola, Costa do Marfim, Egito, Guiana Francesa, Gana, Nigéria, Moçambique e Quênia;
  • Na América: Estados Unidos da América, Canadá e Cuba;
  • No Oriente Médio: Arábia Saudita, Afeganistão, Azerbaijão, Iêmen, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Irã, Paquistão, Líbano e Síria;
  • Na Ásia: Coréia do Norte, Bangladesh, Índia, China, Nepal, Vietnã, Indonésia, Taiwan;
  • Na Oceania: Austrália.

Quais são as regras do visto para visitar o Japão?

O governo federal brasileiro oficializou nos últimos meses a isenção do visto para visitar o Japão.

A nova regra é válida para os brasileiros e japoneses. Dessa forma, ambos podem fazer uma viagem de até 90 dias sem visto para os dois países.

A medida entrou em vigor no dia 30 de setembro de 2023 e será válida até o dia 29 de setembro de 2026.

A alteração está sendo aplicada para todos os passaportes brasileiros válidos que contenham chip e que tenham sido emitidos a partir de 2011.

Os turistas que não tenham passaportes com chip precisam obter o visto de forma antecipada para que consigam entrar no Japão.

É importante enfatizar que a nova medida não é válida para os brasileiros que querem entrar no Japão para trabalhar. Isso porque, nesse caso, o visto ainda é necessário.

A  isenção do visto para visitar o Japão foi estabelecida a partir de um acordo feito em agosto deste ano entre o Brasil e o Japão, que tomou como base o princípio da reciprocidade.

Dicas de viagem para quem quer aproveitar a isenção do visto para visitar o Japão

Agora que você já sabe que não é exigido o visto para visitar o Japão, vamos te mostrar as principais dicas para quem deseja conhecer o destino.

Melhor época para visitar

As estações no Japão são bem marcadas, isso quer dizer que você pode escolher o melhor período para viajar para o país de acordo com a sua preferência climática.

A primavera conta com temperaturas que costumam variar entre 16ºC e 20ºC. A estação ocorre entre março e maio, sendo considerada a melhor época para visitar o país.

No entanto, esse também é o período mais disputado. O motivo pelo qual a primavera é tão requisitada é porque nesta época as famosas flores de cerejeira deixam os cenários do país cor de rosa.

Já o verão, entre junho e setembro, é marcado por grandes festivais, como a matsuri, que é feito em homenagem aos deuses.

Nesse período, o clima é extremamente quente e pode variar entre 28ºC e 35ºC.

O outono, que marca os meses de setembro, outubro e novembro, também é considerado uma época mágica, isso porque é repleto de cores brilhantes e lindos tons de amarelo, vermelho e laranja.

Durante o outono as temperaturas são super agradáveis e variam entre 12ºC a 27ºC.

Por fim, o inverno no Japão é a época para curtir deliciosos frutos do mar, além de fontes termais e a melhor neve do mundo para esquiar e praticar snowboard.

Contudo, durante o período de inverno, entre dezembro e março, as temperaturas são intensas e podem chegar a -1ºC.

Pontos turísticos imperdíveis

Monte Fuji

O Monte Fuji está entre os pontos turísticos mais exuberantes da Ásia e em qualquer estação do ano a paisagem é incrível.

Além disso, não é necessário se preocupar, pois até mesmo as pessoas menos atléticas conseguem subir o Monte com tranquilidade.

Tokyo Skytree

No topo da torre, é possível ter uma visão privilegiada de toda a cidade de Tokyo. Neste momento, você poderá tirar belas fotos.

Caso dê sorte de o dia estar ensolarado, ainda poderá avistar o Monte Fuji ao fundo.

Templo Senso-Ji (Templo de Asakusa)

Ao passar pelo portão do templo, você poderá encontrar uma série de doces e lembranças. O local é imenso e diversos japoneses o frequentam para fazer pedidos e orações.

Ao centro do Templo está a parte principal, que conta com um espaço para acender incenso e jogar moedas para fazer os seus pedidos.

Castelo de Osaka

No Centro de Osaka se encontra localizado um grande castelo, que teve uma vasta importância na política do Japão durante o século XVI.

No local, é possível escolher uma diversidade de passeios para explorar o Castelo, sendo possível até mesmo visitar um Museu de 5 andares que é bastante tecnológico.

Conclusão

Após o governo federal brasileiro estabelecer uma relação com o governo japonês e isentar o visto para visitar o Japão, os brasileiros podem aproveitar para viajar com menos burocracia.

Dessa forma, enquanto a legislação estiver em vigor, vale a pena planejar uma viagem para o Japão e conhecer os seus principais pontos turísticos, cultura e gastronomia.Se você está pensando em aproveitar a ausência do visto para visitar o Japão, vale a pena conferir o preço das passagens.