Mochilão: 5 dicas para Viajantes Econômicos

O mochilão é uma ideia de viagem muito interessante para quem deseja vivenciar novas experiências, sem a formalidade dos roteiros convencionais.

Anúncios

Isso porque, a ideia é que você leve consigo todos os itens que necessita para viver aventuras ao longo da estrada e em cada parada realizada.

Mas, para que a experiência seja realmente positiva é importante fazer um bom planejamento, a fim de não transformar a liberdade em perrengue.

Por isso, no material de hoje do Viajantenet veremos 5 dicas indispensáveis para fazer um mochilão seguro, e sem pesar a mão nos gastos.

Então, se deseja vivenciar algo inédito e que te permitirá adquirir experiências para toda a vida, não deixe de conferir o conteúdo a seguir e planejar um mochilão de respeito!

Anúncios

5 Dicas para economizar com o mochilão

Se você entrou neste material, é bem provável que já esteja pesquisando a um tempo sobre o estilo mochilão de viagem.

Por isso, certamente já tem noção de como funciona esse modelo, no qual você coloca uma mochila nas costas e se aventura com as experiências adquiridas nas estradas.

Mas, embora a ideia central do mochilão seja a economia, a falta de planejamento pode acabar tornando sua viagem até mais cara do que um roteiro convencional, com passagens, hotéis e tudo mais.

Afinal de contas, já pensou se você não se programa, e só percebe que precisa de um lugar para dormir quando já escureceu?

Nessa ocasião, você será levado a aderir ao primeiro hotel que aparecer, o que certamente tem custo alto.

Esse é apenas um exemplo, visto que, em um mochilão mal planejado tudo pode sair caro, desde transporte e alimentação, até custos com saúde.

Pensando nisso, separamos 5 dicas indispensáveis para planejar um mochilão econômico e muito divertido.

Confira!

Opte por opções de hospedagem alternativas

O mochilão é uma ótima alternativa para quem deseja economizar, sem abrir mão da maravilhosa sensação de viajar.

E, uma boa dica para garantir essa economia está em prestar atenção ao tipo de hospedagem escolhida.

Isso porque, em uma viagem estilo mochilão a ideia é que você não pare por muito tempo em um mesmo lugar, para que assim possa explorar o máximo possível.

Então, escolher hotéis mais caros pode acabar não compensando, uma vez que você faria a reserva para ficar por 1 ou 2 noites, e logo teria que buscar outro hotel em sua próxima parada.

Se colocarmos na ponta da caneta, veremos que estadias de curto período em hotéis diferentes acabam gerando um custo alto.

Por isso, apostar em hospedagens alternativas pode ser uma excelente maneira de segurar a grana, sem abrir mão da liberdade do mochilão.

E, quando falamos em “hospedagem alternativa” nos referimos a pensões, casas de amigos pelo caminho, pousadas e qualquer outra alternativa menos formal que um hotel convencional.

O mais interessante é que nesse modelo você ainda tem a chance de conhecer mais pessoas pelo caminho, do que teria se ficasse sozinho num quarto de hotel.

Pesquise por atrações gratuitas pelo caminho

Quando se fala em viagem, a primeira coisa que muitos consideram são os custos do passeio.

Afinal de contas, a viagem serve justamente para sairmos da zona de conforto e da rotina.

Mas, a vantagem do mochilão é que você tem a oportunidade de curtir experiências gratuitas pelo caminho, entre um ponto de parada e outro.

Cachoeiras, praias, parques piqueniques, trilhas e tantas outras alternativas oferecem entretenimento gratuito, e tornam sua viagem ainda mais interessante.

Mas, vale dizer que você não precisa apostar apenas nas opções gratuitas, uma vez que é possível encontrar passeios de baixo custo.

Tudo depende de um bom planejamento, que te permite montar um roteiro de viagens completo pelo caminho do seu mochilão!

Faça um bom roteiro de viagem 

A ideia do mochilão é que você possa ter uma experiência de viagem libertadora, sem se prender aos horários de hotéis, atrações e companhias de ônibus/aéreas.

Isso porque, é você quem determina o seu percurso, e por consequência dita o ritmo e as experiências que pretende ter ao longo do caminho.

Mas, é preciso ter um certo cuidado para que, na tentativa de ter liberdade, você acabe passando os dias sem ter ideia de para onde ir, e sobre o que fazer.

Para evitar tudo isso, o melhor a fazer é determinar um roteiro, que te direcione em quais locais deseja passar.

Nesse roteiro você também pode incluir bons lugares para comer, ou até mesmo opções de pousadas que ficam em pontos estratégicos da viagem.

Isso certamente te ajudará a economizar, uma vez que, quando se está com fome no meio da estrada, o primeiro restaurante que aparecer, serve.

E, o problema disso é que paradas inesperadas podem fugir dos valores que você pretende gastar, o que acaba encarecendo sua viagem.

Então, um bom roteiro te oferecerá um cronograma adequado, que te permitirá fazer paradas nos locais certos e econômicos.

Viaje em grupo no estilo mochilão

Viajar em grupo certamente é a dica mais importante para quem deseja economizar no mochilão.

Isso porque, quando você está em um grupo é mais simples de ter auxílio e providências nos momentos de necessidade.

Além disso, as diversas experiências ajudam a lidar com os percalços, além de fornecerem informações úteis para a viagem.

Por exemplo, alguém do seu grupo pode ter um parente que mora em uma cidade que fará parte do percurso.

Nesse caso, esse colega pode conseguir 1 ou 2 noites de hospedagem para o grupo com esse parente, o que ajudará no custo.

Outro ponto positivo do grupo é que você não precisa se preocupar com todos os itens do mochilão.

Isso porque, um pode se preocupar com medicamentos e primeiros socorros, enquanto outro pode levar os itens de higiene e por aí vai.

Além disso, a viagem em grupo tende a ser muito mais divertida, além de te permitir conhecer novas pessoas!

Se programe com a alimentação 

A alimentação talvez seja o item que mais gera preocupação aos viajantes que aderem ao mochilão pela primeira vez.

Isso porque, a ideia do mochilão é não se preocupar tanto com as providências, e curtir as aventuras da estrada.

Mas, não podemos nos esquecer de que a falta de comida nos momentos de necessidade podem azedar qualquer planejamento.

Por isso, além das paradas em restaurantes para as refeições principais, é importante que você se planeje com lanchinhos e petiscos para os horários aleatórios.

Isso certamente te ajudará a economizar bastante, pois, assim você chegará aos restaurantes com menos fome, e consequentemente gastará menos.

Lembre-se de escolher itens que possam ser levados na mochila com facilidade, e que durem bastante tempo sem refrigeração.

Mas, vale também preparar uma bolsa térmica, a fim de levar sua água gelada ou até mesmo as frutinhas, indispensáveis para uma dieta saudável.

Essas são as dicas para um mochilão econômico e inesquecível, portanto, coloque-as em prática e certamente gastará pouco, mas sem perder nada da diversão!

Veja também: