Cartão Global: vale a pena fazer um para viajar?

Anúncios

O cartão global tem se destacado recentemente como uma boa opção para as pessoas que desejam otimizar suas transações financeiras durante viagens.

No entanto, antes de contratar tal produto é preciso conhecer os seus benefícios, custos e praticidade que oferece para os clientes.

Portanto, para saber mais sobre o cartão global, continue acompanhando matéria!

Cartão Global: o que é e como funciona?

Quem já realizou uma viagem internacional sabe que uma das principais dúvidas na hora de viajar dizem respeito ao dinheiro: é melhor levar dólar ou moeda local? Pagar em dinheiro vivo ou no cartão?

Para quem está se preparando para viajar para outro país e está preocupado com a questão citada acima, precisa conhecer os cartões de débitos pré-pagos, também popularmente conhecidos como cartão global.

Essa modalidade funciona de maneira semelhante ao famoso “Travel Money”, que acabou perdendo a sua atratividade para os concorrentes digitais após o IOF (Imposto sobre Transações Financeiras) ter subido para 5,38%.

Anúncios

Na prática, o cartão global funciona como um cartão recarregável através do qual os usuários podem adicionar a moeda estrangeira da sua escolha, especialmente dólar e euro.

Por meio deste cartão, ainda é possível efetuar pagamentos no débito quando estiver no exterior. Vale ressaltar que o IOF cobrado nas transações costuma ser de 1,1%. Já a cotação do dólar usada é a comercial.

Os dois fatores apresentam vantagens que fazem com que essa opção de pagamento tenha se tornado popular entre as pessoas que viajam para fora do Brasil com frequência.

Anúncios

No Brasil, já existem algumas fintechs e bancos digitais que oferecem o serviço e costumam a conceder benefícios extras para atrair um número maior de clientes.

Determinados bancos oferecem conta em mais de 50 moedas, como é o caso da Wise, já outras permitem o acesso a salas VIPs em aeroportos, como a Nomad. O recém-lançado cartão global do banco Inter ainda oferece transações sem cobrança IOF.

As melhores opções de Cartão Global

1. Wise

A velha conhecida dos viajantes, a antiga Transferwise, agora se tornou a conta multimoedas Wise. Para ter acesso ao cartão, é necessário abrir uma conta de forma totalmente virtual.

Além disso, para que o cartão seja emitido, a instituição financeira exige que os clientes realizem uma movimentação de R$ 100.

O banco Wise se destaca por oferecer mais de 50 moedas para que os seus clientes possam realizar transações.

Dessa forma, caso você seja turista e esteja em um país específico, é possível montar uma conta direto na moeda local e realizar pagamentos e saques de forma totalmente gratuita quando estiver no seu destino.

Já no caso das transações em moedas que o consumidor não possuir na conta, é feita uma operação de câmbio, na qual a quantia em dinheiro é convertida em câmbio comercial + IOF de 1,1%.

A simulação dessa modalidade de operação pode ser realizada através do site ou aplicativo do banco e o valor varia conforme a moeda escolhida.

2. Nomad

A fintech Nomad se tornou popular nos últimos anos como uma das principais concorrentes do Wise devido ao fato de oferecer algumas vantagens adicionais para os usuários que utilizam o cartão global.

Além de possibilitar que os usuários realizem saques gratuitos na rede Allpoint, o cartão de débito também oferece cashback e descontos em lojas parceiras.

Os clientes Nomad podem aproveitar ainda salas VIP e, através da conta de dólar, é possível investir nos Estados Unidos.

Nas transações feitas no exterior são somadas o IOF de 1,1% e o câmbio em dólar comercial. A taxa de serviço cobrada pela instituição financeira, por sua vez, é de até 2% e pode variar de acordo com o Nomad Pass, que se caracteriza como o programa de benefícios da empresa.

Apesar de não haver custo extra de emissão do cartão e tarifas de manutenção, existe a possibilidade de que seja cobrada uma taxa de US$ 20 para que seja feita a entrega em endereços no Brasil.

3. Cartão Global: BS2 Go! Platinum

O cartão global BS2 Go! Platinum possui vinculo direto com a conta global BS2 GO!. Nesta modalidade de cartão, não são cobradas taxas de emissão e manutenção.

Para ter acesso ao cartão, por outro lado, é necessário ter o valor mínimo de US$ 30 na conta. Depois que o serviço for solicitado, o valor fica disponível para uso.

Já os saques podem ser realizados por meio da Rede Cirrus e contam com um custo de US$ 5. O câmbio é realizado em dólar comercial e o IOF é de 1.1%.

No caso das transações feitas em moedas que não sejam o dólar, a conversão é feita entre dólar + moeda local, sendo necessário arcar com uma taxa de câmbio de 2%.

4. Cartão Global: Conta Global C6 Bank

Outra opção de cartão global para viajar é o cartão de débito internacional do C6 Bank, que está disponível em duas opções de conta: C6 Global Dólar e C6 Global Euro.

É importante ressaltar que o banco em questão não cobra pelas transações feitas utilizando o cartão de débito, sendo preciso arcar apenas com o IOF de 1,1% e o câmbio comercial.

No caso de compras feitas em moeda que se difira da conta global, é cobrada uma taxa de spread de 2% para conta Global Dólar e 2,5% para Global Euro.

Os saques feitos em terminais Chase nos Estados Unidos são isentos de tarifas, já as operações em outros caixas eletrônicos contam com um custo de US$ 5 na conta Global Dólar e € 5 na conta Global Euro.

Por mais que não sejam cobradas taxas de emissão e entrega do cartão, as contas globais do C6 Bank são exclusivas para os correntistas da instituição financeira.

Conclusão

O cartão global é uma boa solução para quem deseja otimizar as transações financeiras durante as suas viagens internacionais.

Antes de adquirir este produto, no entanto, é importante entender como ele funciona e os custos extras cobrados pelas instituições financeiras.

No Brasil, as opções que se destacam para as pessoas que desejam adquirir uma modalidade deste cartão são o Wise, Nomad, BS2 Go! Platinum e C6 Bank.

Os bancos em questão oferecem facilidade na regarga e taxas associadas, de forma que cada alternativa conta com características únicas, de forma a atender as necessidades dos mais diversos viajantes.